sexta-feira, 24 de junho de 2016

Inaugurado o mercado municipal "Zé Moura" em Salinópolis



Izidoro Pinheiro Barros Filho, que só era conhecido por "Zé Moura", caboclo lá da vila do São Bento, quando ainda era Maracanã, nosso amigo de longas datas partiu no mês passado, mas seu nome, sua história e sua memória estão registrados em Salinópolis, onde foi prefeito municipal entre 1986 e 1989. A lembrança ficou mais viva com a inauguração do complexo do mercado municipal da rodovia PA 124 que leva seu nome, no bairro Bom Jesus e que substitui a antiga "feirinha do peixe", onde Moura escolhia os preferidos pescados da região salgada.






A festa aconteceu na quinta (23), quando o prefeito Paulo Henrique Gomes (PSDB) entregou a sociedade salinopolitana a obra de qualidade, moderna, com 65 Boxes, capaz de gerar emprego e renda para 200 famílias, que certamente desenvolverão suas atividades com dignidade.


A homenagem justa foi prestigiada por familiares como a esposa vereadora Mirtes Barros (PMDB) e o filho advogado Mauro Barros. Marcou presença também o deputado federal do DEM, Hélio Leite.

Temporários em Maracanã poderão ficar sem salários em julho. Pode?

Notícia pra fechar a quadra junina...


Na cidade querida de Maracanã não se fala em outra coisa: servidores temporários estariam supostamente sendo chamados para assinar um documento na Prefeitura Municipal em que abrem mão de receber os salários do mês de julho.

Ora, como determina a legislação, em ano de eleições, a partir do dia 02 de julho nenhum servidor, mesmo que contratado, poderá ser exonerado, nomeado, remanejado...Logo para manter a quantidade de funcionários necessários para o funcionamento da educação (professores e pessoal de apoio) no segundo semestre, a Prefeitura não poderá desligá-los em junho, pois ficaria impossibilitada de recontratá-los em agosto, quando as aulas serão reiniciadas.
Ilustração
Tal procedimento chama atenção pelo seguinte: Se realmente isso existir, os servidores temporários constarão obrigatoriamente na folha de pagamento do mês de julho; Mas, se estão abrindo mão compulsoriamente do direito de receber, para onde vai quase Um milhão e meio que seriam destinados para o pagamento da folha???

Estariam os gênios da Prefeitura imaginando que os temporários não iriam comentar com ninguem pelo fato de precisarem do emprego?

O Blog continuará investigando a situação, pois como dizia mamãe: Onde há fumaça, há fogo". Porém, estou muito propenso a não acreditar que uma besteirada tão grande irá acontecer.


Padre Fábio de Melo em Maracanã


Afogada em índices de rejeição que beiram 60%,no mesmo nível da governadora Ana Júlia (PT) quando tentou a mal sucedida reeleição, a prefeita de Maracanã Dica Costa (PSDB) vai tentar um último suspiro: anunciou na missa de aniversário da cidade na igreja, que contratou o padre Fábio de Melo para o show da noite do padroeiro da cidade São Miguel Arcanjo.

Será um suspiro caro. Antes da crise, o padre cobrava cachê de 150 mil, mais passagens áereas dos integrantes da banda, uma série de requisitos de qualidade de som, palco e iluminação, que no final o custo chegava ao valor de R$ 300 mil. O Blog consultou um dos produtores do padre-cantor e o cachê caiu bastante, agora estando entre 85 a 100 mil, dependendo do local e evento. Agora as passagens aéreas e outras exigências continuam as mesmas, fechando o custo final em torno de 170 mil.

Agora, quem já assistiu de perto, o show vale à pena e é inspirador. Traz paz, amor, esperança, sentimentos carentes nesse momento de intranquilidade. Certamente, testemunharemos um grande evento e a cidade abrigará muitas caravanas católicas que virão de todos os cantos do Pará.

A Prefeitura merece nossos aplausos!

A feira nossa de cada dia


Não há nada melhor do que caminhar, olhar e comprar na feira. Vez ou outra, tomar aquela sopa. Na feira, temos muitas cores, cheiros e sabores. Quando a feira fica bem na ilharga do mar, com aquele vento fantástico, ai tudo fica melhor ainda. Gostou?

Então, vamos esperar juntos a enchente da maré e as canoas trazendo peixes. Vamos para um breve passeio na feira de Maracanã.

Imagens: Braz Filho.










quinta-feira, 23 de junho de 2016

O calote generalizado em Maracanã



Servidores temporários sem receber por dois meses, hoje que alguns receberam um mês. Assim, comerciantes e vendedores autônomos vão sofrendo com suas contas que dependem dos recebimentos vindos de funcionários públicos.

Assim tem sido a amarga espera em Maracanã no governo"Quem Mama Cuida".

O proprietário do imóvel no bairro da Liberdade, onde funciona o posto de Saúde, já não aguenta tanta humilhação. Havia ficado quatro meses sem receber, quando após muita pressão conseguiu os créditos do aluguel que mensalmente é de 380 reais. Agora, novamente, o seu pagamento ficou igual parto: é hoje, é amanhã, é amanhã...e lá se vão quase três meses.

Imagens: Joabe Guimarães.

quarta-feira, 22 de junho de 2016

O inusitado acontece em Algodoal


A ilha de Maiandeua, município de Maracanã, nordeste paraense, abriga quatro vilas: Algodoal, Camboinha, Fortalezinha e Mocooca. Como Algodoal é a mais conhecida e ficou famosa mundialmente, a ilha acabou virando apenas: Algodoal.

Lá o charme é andar na areia das praias, caminhar à noite sob o luar e ouvir muito reggae e carimbó. Digo sempre que é o lugar mais democrático do mundo, pois não se percebe quem é pobre ou rico, ali todos são iguais e precisam caminhar ou no máximo seguir numa das dezenas de carroças.

Aquela ostentanção de carros da moda nas praias não existe em Algodoal. E para confirmar tudo o que digo, recorro a imagem de Marcelo Nascimento, retratando a manutenção que a concessionária de energia Celpa está fazendo para as prevenções do sobrecarregamento no sistema no mês de férias.

Ele avisa: cuidado ao trafegar pela Avenida Bertoldo Costa em Algodoal, a Celpa fazendo manutenção. Então, vamos desacelerar o cavalo.

terça-feira, 21 de junho de 2016

Não há materiais para exames no hospital de Maracanã

A tinta branca cairia melhor. Coloque médicos por favor!
E no "bem pintado" e pouco equipado hospital municipal de minha querida Maracanã, a situação continua de calamidade pública. Não há médicos de plantão nunca, estando o povo dependente do trabalho solitário e da sensibilidade do dr. Jesus que não pode resolver todos os problemas de atendimento.

Ontem, a mãe desesperada levou seu filho em jejum para exames básicos, voltou pelo sol quente com o diagnóstico: não tem como realizar exames por falta de materiaís. Você deve ter pensado num exame complexo? Que nada! Estamos falando de exame de urina e de sangue.


A nova rampa de Cafezal





Poder público e comunidade podem sim firmar parcerias que geram frutos e, sobretudo, ajudam a transformar a realidade das pessoas. Assim, aconteceu na vila sorriso de Cafezal, em Magalhães Barata, onde o prefeito Gerson Miranda (PMDB) encontrou uma obra abandonada e decidiu juntamente com o povo concluí-lá e colocá-la em funcionamento.

Em pouco tempo de mandato - já que assumiu após o afastamento judicial do gestor titular - a vila ganhou uma rampa de acesso ao mar, facilitando a vida dos pescadores, dos barqueiros e também de frequentadores e turistas, que agora dispõe de espaço adequado para descer e subir com suas lanchas e barcos.

A obra foi entregue para a comunidade numa grande festa popular, já que marcou a realização de um sonho, uma reivindicação antiga dos moradores. As diferenças nas gestões já começam a aparecer também em outras vilas.

Da Redação
Imagens: AscomMB

A pedra grande do Gurupi







Localizada na foz do rio Gurupí, no limite Pará-Maranhão, a pequena ilha de pedra, popularmente chamada de "pedra do Gurupí" se destaca das demais pequenas ilhotas e bancos de areia, por sua exótica cor escura. A pequena insular, chamada de "Itaguarí" pelos indígenas (ita: pedra; guari: água), a pedra que emana das águas, já serviu de farol de navegação. A ilha de pedra, que tem 160 metros de circunferência, é tema do imaginário dos pescadores viseuenses em várias lendas, mitos e fantasias. A mais famosa lenda sobre a ilhota conta que a pedra muda de lugar e seu eco soa por várias horas até voltar ao normal em pouco tempo. Os pescadores contam que o mistério deixou de acontecer depois que um padre derramou água benta por toda ilha.




Extrafarma negocia a compra da Big Ben




Segundo o jornal Valor Econômico, acordo que dá direito de compra à Extrafarma tem validade de 90 dias, podendo ser prorrogado. (Foto: Elcimar Neves/Diário do Pará)


A Extrafarma, do grupo Ultra, assinou um acordo de exclusividade para negociar a aquisição da rede Big Ben, controlada pela Brasil Pharma. Se a negociação for concluída, a Extrafarma passará de uma cadeia de 261 lojas para quase 520 unidades e o faturamento saltará de R$ 1,4 bilhão para quase R$ 3 bilhões.

O negócio não foi fechado ainda porque há divergências com relação a preço, segundo uma fonte. O direito de compra, válido por 90 dias, se aproxima do prazo final neste mês, mas pode haver prorrogação por mais 90 dias, segundo antecipou ontem o Valor PRO, serviço de informações em tempo real do Valor. As conversas envolvem também a operação da antiga rede Guararapes, com lojas em Pernambuco, e que passou a integrar os negócios da Big Ben.

A varejista paraense Big Ben é considerada o melhor ativo da BR Pharma. Com R$ 1,5 bilhão em receita bruta anual, é responsável por cerca de 40% das vendas do grupo. O banco BTG Pactuai, que controla a BR Pharma, entende que não faz sentido se desfazer da Big Ben nas mesmas condições que envolveram a cadeia Mais Econômica, vendida para o fundo de investimento Verti Capital, em novembro do ano passado, por R$ 44 milhões.

REDE

Na época, havia interesse do BTG em se desfazer da Mais Econômica, que estava em má situação financeira. Já a Big Ben é a maior rede de farmácias do Norte do país e, até ser vendida para a BR Pharma, era rentável e lucrativa, segundo fonte ouvida.

A Big Ben é uma operação independente da BR Pharma e, apesar de ter sido comprada em 2011, continuou separada das outras redes - SantAna, Farmais e Rosário. Portanto, não sofreu ajustes em custos e despesas e não traz hoje grandes ganhos de sinergia para a BR Pharma. Desde janeiro, a empresa deixou de ser presidida por seu fundador, Raul Aguilera. Em seu lugar está Orlando Silva.

EMPRESA ESTARIA À ESPERA DE UMA BOA PROPOSTA

Segundo fontes do setor, o fato de a Big Ben permanecer separada dos outros ativos explicaria o interesse da Brasil Pharma em vender o negócio quando uma boa proposta aparecesse. O grupo chegou a informar o mercado, meses atrás, que havia sido procurado de forma “preliminar” por terceiros interessados na participação dealgumas de suas cadeias.

Procurada ontem, a BR Pharma preferiu não comentar o assunto. O grupo Ultra informou que “analisa continuamente oportunidades em todas as suas áreas de atuação”.

O interesse do Ultra tem relação com planos de expansão da operação de postos de combustíveis Ipiranga no Nordeste, apurou o Valor.

POSTOS

As farmácias da Big Ben ajudariam a complementar o serviço oferecido dentro dos postos. Mas, como ter apenas drogarias nos postos sem uma operação mais estruturada no varejo local não faria sentido em termos de escala, há a necessidade de ter uma operação com uma marca regional. A Extrafarma tem lojas em 4 postos Ipiranga no país. Em abril, foi inaugurada uma loja da rede de farmácias numa revenda da Ultragaz em Fortaleza. A Extrafarma tinha, em março, 261 lojas próprias, 35 a mais do que um ano antes. A receita bruta foi de R$ 1,4 bilhão em 2015.

No domingo, a Ipiranga anunciou a compra da rede de postos Ale por R$ 2,17 bilhões. A Ale, com sede em Natal, tem forte presença no Nordeste, onde a Big Ben é uma das líderes de mercado.

A BR Pharma tem tido dificuldade de obter propostas de compra de suas redes que satisfaçam o controlador, em parte porque não há muitas varejistas interessadas nos negócios - Raia Drogasil, Drogarias São Paulo e Pacheco, Onofre e Pague Menos já disseram que não têm interesse nas cadeias do grupo. E, segundo uma fonte, os fundos de private equity sondados não fizeram propostas formais de aquisição dos negócios até o momento. O fundador da Big Ben, Raul Aguilera, que em janeiro recebeu da BR Pharma a sua última parcela da venda da rede, não tem interesse em recomprar o negócio, segundo o Valor.

(Valor Econômico)

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Edson Celulari é diagnosticado com câncer




(Foto: Divulgação)


Edson Celulari, de 58 anos, está com linfona não-Hodgkin, um tipo de câncer linfático. É o mesmo problema que teve o ator Reynaldo Gianecchini e Dilma Roussef. Ele usou seu perfil no Instagram, na manhã desta segunda (20), para publicar uma foto em que aparece careca, confirmando o diagnóstico de câncer.

"Reuni minhas forças, meus santos, um punhado de coragem... coloquei tudo numa sacola e estou indo cuidar de um linfoma não-Hodgkin. Foi um susto, mas estou bem e ao lado de pessoas amadas. A equipe médica é competente e experiente. Estou confiante e pensando positivo. Foi um susto, mas estou bem e ao lado de pessoas amadas. Com determinação e fé, sairei desde tratamento ainda mais forte. Todo carinho será bem vindo", disse Celulari para a coluna de Ancelmo Gois.

Com maior incidência em pessoas com mais de 60 anos, a doença é uma das que melhor responde ao tratamento com radioterapia e quimioterapia, segundo informações da Sociedade Brasileira de Cancerologia.

De acordo com o colunista Ancelmo Gois, do jornal O Globo, Celulari levou um susto com o diagnóstico e já deu início ao tratamento.

(DOL)

Investigado pela PF, radialista volta ao trabalho




(Foto: Reprodução)


O radialista Raimundo Nonato Pereira, de 53 anos, da Mix FM, voltou a apresentar seu programa de rádio na manhã desta segunda-feira (20). Ele estava na condição de foragido da Polícia Federal desde o dia 24 de maio deste ano, apontado como um dos envolvidos em um esquema de desvio de dinheiro público.

Na ocasião, a Polícia Federal realizou a Operação Lessons, que investigava o desvio de recursos por uma fornecedora de materiais didáticos para prefeituras do Pará. Segundo a Polícia Federal, Nonato é investigado por facilitar os acordos criminosos.

O radialista entrou em seu programa na rádio a partir das 6h, ao lado do advogado, Elson Soares. Durante o programa, ele enalteceu o trabalho de Elson e criticou as acusações contra ele de envolvimento no esquema criminoso.

Durante a Operação Lessons, a Polícia Federal decretou o mandado de prisão preventiva contra Nonato e um mandado de buca e apreensão em sua residência. Ele não foi encontrado. Em sua casa, foram apreendidos cerca de R$ 100 mil e 1.050 dólares, além de maconha.

O DOL entrou em contato com a Polícia Federal, que informou por telefone que a Justiça Federal revogou o pedido de prisão preventiva contra o radialista e concedeu fiança e outras medidas restritivas de direito ao Nonato. A PF ainda afirmou que a investigação foi encerrada e que o inquérito foi encaminhado à Justiça Federal.

Operação

A Polícia Federal encaminhou à Justiça Federal no Estado do Pará, no dia 7 de junho de 2016, o relatório conclusivo do Inquérito Policial referente à operação lessons. No curso da investigação, a qual teve início em 26 de fevereiro de 2016, a Polícia Federal cumpriu 15 mandados de busca e apreensão em seis municípios do Estado do Pará, 3 mandados de prisão preventiva, 3 mandados de prisão temporária e realizou a oitiva de mais de 20 pessoas envolvidas.

Ao final da investigação oito pessoas foram indiciadas pelos crimes de fraude à licitação, associação criminosa e desvio de recursos públicos, sendo que cinco pessoas possuem vínculo com a empresa beneficiada e três são servidores da Prefeitura Municipal de Marituba/PA. Foram instaurados quatro Inquéritos Policiais a fim de prosseguir nas investigações quanto aos contratos celebrados com as demais prefeituras.

Apesar de concluída a investigação, a Polícia Federal continua analisando o material apreendido os quais podem ensejar a instauração de novos inquéritos policiais.

O Ministério Público Federal ofereceu denúncia contra os indiciados.

No dia 17 de junho de 2016, o Juiz Federal competente para julgar os fatos, entendendo não mais restar em presentes os requisitos para a manutenção da prisão preventiva dos principais envolvidos, em especial pela desarticulação da atividade delituosa investigada, revogou mencionada mediada cautelar, impondo outras medidas, tais como a suspensão da atividade econômica de alguns envolvidos junto a entidades públicas (estaduais e municipais), proibição de deixarem o país, proibição de se ausentarem de Belém/PA por mais de oito dias sem autorização do juízo, comparecimento trimestral em juízo, para informar e justificar atividade e proibição de manterem contato entre si ou com quaisquer testemunha de acusação.

(DOL)

Prefeita Dica se "Ariou" no lamaçal


O temporal de sexta-feira não foi só das águas em Maracanã, mas uma tempestade de simbologia. Primeiro, muitos moradores do município enfrentaram a torrencial chuva para prestigiar o ex-prefeito Tinô dos Santos; depois veio a noticia que o principal partido aliado do governador do estado não mais apoiará o atual governo e marchará na cidade com o pré-candidato do PMDB.
Uma semana antes, a lista do TCU, considerada a mais importante para pedidos de impugnação, não trouxe o nome do ex-prefeito, abrindo os caminhos para a sua candidatura.

O governo atual sentiu as "estocadas" e sua capitã partiu logo cedo para a rádio comunitária da cidade, que é tudo, menos comunitária e destilou seu veneno no blogueiro Icaro Gomes, a quem ainda chama de Ícaro da educação, talvez manifestando uma profecia. Falou e falou, com aquele jeitinho de quem está se despedindo ou sentindo um cheirinho no ar de coisa ruim por vir. O detalhe é que os ataques maiores foram para a pessoa errada. O blogueiro, até o momento, dedica-se a auxiliar no marketing da pré-campanha do PMDB, evitando os convites e os chamados para que seja candidato à Câmara. O certo é a alcaide apontar suas baterias para os que são efetivamente candidatos. Aliás, pela lista conhecida, não são poucos os adversários.

No momento, ainda sou só um eleitor, daqueles que adora antecipar: Tchau, querida!


domingo, 19 de junho de 2016

Tinô é o pré-candidato do PMDB em Maracanã


A sexta-feira foi o a maior aguaceiro em toda a amazônia. Segundo meteorologistas, um dos dias mais chuvosos do ano. E justamente, numa noite de muita chuva, o ex-prefeito Tinô dos Santos foi anunciado oficialmente como pré-candidato do PMDB ao cargo de prefeito em Maracanã.
















Segundo Denys Raiol, um dos coordenadores do evento, "a chuva trouxe muitas bençãos, pois ficou demonstrado que mesmo com o temporal, os ramais que ficaram escorregadios e intransitáveis e a dificil navegação de embarcações devido aos ventos e a chuva, filiados e simpatizantes atenderam o chamado e prestigiaram o evento que foi um sucesso".




As impressões de Denys são as mesmas de que esteve no evento: muita gente num dia de muita chuva. E no momento em que o fornecimento de energia foi interrompido, a plateia clareou o local com os celulares em punho e animou com gritos de Tchau Querida!

Muitas lideranças prestigiaram Tinô dos Santos em sua arrancada para a pré-campanha: a deputada federal do PMDB, Simone Morgado; o deputado estadual dr. Wanderlan Quaresma; o prefeito de Magalhães Barata, Gerson Miranda. Também estiveram presentes levando apoio presidentes de outros partidos de Maracanã: dra. Ely Dias do PT, Mocinha Rosário do PC do B, vereador Rafael Raiol do PP, Nilson Pimentel do PHS e o mais esperado da noite dr. Valdenor Godinho do PSD.

Godinho é presidente do PSD que ofereceu o vice-prefeito da atual gestora nas eleições passadas, foi um dos coordenadores na região da reeleição do governador Jatene, mas decepcionado com o governo tucano da cidade que pouco fez nos últimos anos, resolveu junto com seus filiados apoiar a pré-candidatura de Tinô dos Santos. A presença e o discurso de Godinho surpreenderam o público no evento, já que muitos aliados tucanos sofrem muita influência de sua liderança.

No encontro, o PMDB decidiu também que possivelmente sua convenção oficial será no dia 05 de agosto.

Imagens: Assessoria de comunicação de dep. fed.Simone Morgado

sexta-feira, 17 de junho de 2016

PMDB lança pré-candidatura hoje em Maracanã

Ypiranga, palco de evento do PMDB



No dia 28 de maio, o Blog registrou o primeiro lançamento de pré-candidatura do PDT ao cargo majoritário de Maracanã. Hoje, a partir das 17 horas na sede do Ypiranga, centro da cidade, haverá o lançamento da pré-candidatura do PMDB, quando filiados e simpatizantes estarão reunidos para um encontro das lideranças da legenda.

Segundo o presidente do partido, ex-prefeito Tinô dos Santos, será uma oportunidade impar de rever correligionários e simpatizantes e também definir nome para que estratégias sejam estabelecidas".

No encontro, além do anúncio da pré-candidatura e apresentação de pré-candidatos ao legislativo, haverá também as primeiras articulações para manter diálogo aberto com outras legendas, visando formar um arco de alianças significativo. Um das expectativas será a presença de presidente de um partido que vem da base aliada do atual governo.