sexta-feira, 24 de abril de 2015

Polícia Militar recupera moto roubada em Maracanã






Em Maracanã, no nordeste paraense, a Polícia Militar prendeu um adulto e apreendeu um adolescente, acusados de serem os responsáveis pela maioria dos assaltos já ocorridos no município. Com a dupla foi encontrada uma motocicleta roubada.

Na segunda-feira (20), por volta das 22h, o policial A. Costa foi avisado que duas horas antes dois homens haviam roubado uma motocicleta modelo CB 300, cor preta, no município de Igarapé-Açu e que os autores do roubo poderiam aparecer a qualquer momento no município de Maracanã.

Durante diligência, no início da madrugada de ontem, o veículo roubado foi localizado estacionado na esquina da travessa 15 de Agosto com a Fernelon Barbosa, no bairro São Miguel. Os militares, sob o comando do sargento Walace, se posicionaram em pontos estratégicos e ficaram à espera dos suspeitos.

Trinta minutos depois surgem dois homens que montam na motocicleta e tentam sair com a CB 300 cilindradas. Eles receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de polícia, onde foi descoberto que um dos acusados trata-se de um adolescente de 17 anos. Outro se chama Maycon Douglas Ribeiro da Silva, 20.

O adulto foi autuado por roubo e pagará pelo crime na cadeia. O adolescente também responderá pelo ato infracional. Após todos os procedimentos, o veículo foi devolvido ao dono.

Reportagem: Tiago Silva

Série Chris, eu morro e não vejo tudo!



Mulher usa faca para tatuar seu nome em namorado
(Foto: Reprodução)


Há amores que marcam. Há também amores que deixam marcas, por vezes bastante dolorosas. O inglês Wayne Robinson, 30 anos, talvez possa falar sobre isso com propriedade.


O britânico teve o nome da namorada e outros cortes feitos com uma faca enquanto dormia. Isso mesmo. Sua namorada, Dominique Fisher, 27 anos, aproveitou que Wayne havia consumido bebidas, drogas e remédios para dormir e resolveu deixar suas marcas no corpo do companheiro.

Dominique não demonstrou sinais de arrependimento após ter tatuado seu nome e feitos outros cortes na pele do namorado. Foto: Reprodução

De acordo com Dominique, ele teria concordado com as "tatuagens". Segundo depoimento à polícia, no entanto, Wayne afirmou que não havia autorizado os cortes e que não sentiu as dores porque já que havia consumido muitas substâncias.

Dominique responderá na justiça pela "brincadeira". A matéria, que foi publicada no portal inglês Oddee, não esclarece se o casal segue junto ou se separaram.

(DOL, com informações do portal R7 e Oddee)

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Ministério Público chegou na casa do vizinho - um passinho de Maracanã


Em Santarém Novo Operação “Guaiamum” apreende documentos e armas.



A operação “Guaiamum” deflagrada pelo Ministério Público do Estado do Pará, na ultima sexta feira dia 17, nos municípios de Santarém Novo e Belém, cumpriu cinco mandados de busca e apreensão para colher provas de fraudes em licitações e outras irregularidades na gestão do atual prefeito, ações cometidas pelo prefeito Sei Ohaze e o vice-prefeito Paulo Neves Campos, ambos afastados por decreto legislativo da Câmara Municipal em 30 de março de 2015.

O procurador de Justiça Nelson Pereira Medrado e os promotores de Justiça Milton Luís Lobo de Menezes e Harrison Henrique da Cunha Bezerra, com apoio do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), estiveram a frente do cumprimento dos mandados.

Na casa do prefeito afastado Sei Ohaze foram apreendidas sete armas de grosso calibre (revólveres e escopetas) - uma com numeração raspada (não cabe fiança) - e munição. Ohaze não foi encontrado no local.

Houve busca e apreensão em duas residências do vice-prefeito Paulo Campos. Na de Santarém Novo foram apreendidos alguns documentos relacionados à prefeitura, principalmente à licitações municipais. Campos estava em casa no momento da ação. Já na sua residência em Belém, foram recolhidos mídias de computador.

“Na sede da prefeitura de Santarém Novo houve a apreensão de dezenas de processos licitatórios. Avaliações preliminares já apontam indícios de montagens em alguns procedimentos”, destacou o procurador de Justiça Nelson Medrado.

Os representantes do Ministério Público do Estado foram também na Ferreira & Viggiano Cia Litda ME, empresa fantasma de propriedade do prefeito Ohaze, localizada em Santarém Novo. O endereço do estabelecimento coincide com um quarto de pensão.

Todo o material apreendido será analisado em Belém pelos representantes do Ministério Público do Estado do Pará. Ações nas áreas cível e criminal poderão ser impetradas.


Texto: Edyr Falcão
Fotos: Gaeco

Escola do estado pede socorro no interior de Salinas

Os professores do estado do Pará não lutam tão somente por salários, mas, a greve também reivindica estrutura nas escolas estaduais espalhadas por todos os cantinhos do imenso país que chamamos Pará. Bem ali, bem pertinho dos grandes centros, veja a situação da escola estadual "General Gurjão" na vila querida de Alto Pindorama, município turístico de Salinópolis.
Em dias de chuva, bem comuns em nossa região, principalmente na invernada, os alunos sofrem com a calamidade.






Maracanã perdeu pessoas queridas

Os primeiros dias da semana foram de tristeza em Maracanã com o falecimento de duas pessoas queridas na cidade. Na terça-feira, a tia "Mundiquinha", semeadora de alegria, admirada no bairro da Campina, madrinha oficial da quadrilha roceira "Renovação Junina" e matriarca de professores partiu para a morada eterna.
Tia Mundica

Hoje, na madrugada, a professora Francisca Calandrinhi, nome reconhecido na história da educação do município também nos deixou. Certamente, o conforto divino estará presente nos corações de familiares, amigos e colegas.
Francisca Calandrine

Descansem em paz!


Imagens: Rede social pública "Facebook"

Senado aprova voto distrital; projeto muda eleição em Belém, Ananindeua e Santarém

Folha de S. Paulo:

O Senado aprovou nesta quarta (22) um projeto que institui voto distrital para a eleição de vereadores nos municípios com mais de 200 mil eleitores [como é o caso, no Pará, de Belém, Ananindeua e Santarém]. Pela proposta, cada município será dividido em distritos; e cada um deles elegerá um representante para a Câmara Municipal.


O projeto diz que o número de distritos de cada município será igual ao número de vagas na Câmara [em Santarém, seria 21 distritos]. Cada partido pode inscrever só um candidato por distrito.

De autoria do senador José Serra (PSDB-SP), o projeto foi aprovado em caráter terminativo na Comissão de Constituição e Justiça. Se não houver recurso para ir ao plenário da Casa, segue para análise da Câmara dos Deputados,

A ideia dos senadores é que o texto seja aprovado pelos deputados até outubro, a tempo de valer para as eleições municipais de 2016. No debate sobre reforma política na Câmara, discute-se outras ideias de sistema eleitoral.

No modelo atual, a eleição de vereadores segue o sistema proporcional. Além dos votos nos candidatos, os votos no partido e os votos nos concorrentes da coligação são levados em conta no cálculo da distribuição das vagas.



No modelo distrital, o voto é majoritário: ganha quem for mais votado no distrito.

Uma das principais críticas contra o modelo distrital é em relação à definição dos limites dos distritos, já que isso pode ajudar ou atrapalhar candidatos e partidos. Se o reduto de um determinado político for cortado ao meio, por exemplo, ele terá mais dificuldades para se eleger.

Pela proposta de Serra, cabe ao TRE (Tribunal Regional Eleitoral) dividir e fixar os distritos. O tribunal deve seguir critérios como contiguidade territorial e igualdade do voto entre todos os eleitores.

O projeto também determina que a diferença entre o número de eleitores do distrito mais populoso e o menos populoso não pode exceder 5% no mesmo município.

Relator do projeto, o senador Eunício Oliveira (PMDB-CE) diz que o novo sistema atingirá os cerca de 90 municípios mais populosos –ou cerca de 30% do eleitorado.

“Por serem capitais e grandes centros, constituem excelente referência para a experimentação e educação política do povo”, disse.

Um passeio em Maracanã inspirado no olhar de Ruy Silva

Terra encantada, abençoada, aconchegante. Aqui é o nosso lugar. Pelas suas ruas percebemos que o tempo é saudosista, nos remete a tantas emoções. Na orla, um casario do século passado ou até do retrasado, assim é a nossa Maracanã.
Em cada cantinho da cidade, tem um cheiro, uma cor, um olhar de alguém que presencia a vida como se o tempo não tivesse fim. Na hora do almoço, iniciamos a parada obrigatória que desemboca na sesta e tudo praticamente para, mas depois das 15 horas, o borbulhar começa novamente, às vezes a maré que enche trazendo as canoas e suas velas apontando que tem peixe chegando, às vezes a chuva que chega pra esfriar o tempo e apontar que a noite vai ser longa.
Maracanã é mesmo um encanto e em cada imagem do professor Ruy Silva, percebemos o quanto amamos vivenciar a senhora e antiga Cintra.

Um ótimo passeio...












quarta-feira, 22 de abril de 2015

Professores bloqueiam BR-316 em protesto no Pará

Categoria fez manifestação na manhã desta quarta-feira (22).
Professores cobram melhores condições de trabalho.



Do G1 PA



PRF negocia liberação da via com os manifestantes. (Foto: Divulgação/PRF)

Um grupo de aproximadamente 100 professores da rede estadual de ensino bloqueou na manhã desta quarta-feira (22) os dois sentidos da rodovia BR-316, próximo ao km 102, no município deSanta Maria do Pará, no nordeste do estado. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a via foi liberada por volta das 11h30.

De acordo com a PRF, o grupo ocupava apenas uma faixa da pista e seguia em direção ao município de Castanhal, mas às 10h30 passou a bloquear toda a rodovia. Eles carregavam faixas e cartazes e estava acompanhados de um carro-som. A manifestação causou congestionamento na via, pois nesse trecho a BR-316 tem pista simples.

A manifestação faz parte da campanha salarial da categoria que reivindica melhores salários e melhores condições de trabalho. Uma equipe da PRF acompanhou o grupo de manifestantes para garantir a segurança dos professores e dos demais usuários da via.

Reunião
Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará (Sintepp) participam na manhã desta quarta de uma reunião de conciliação no Tribunal de Justiça do Pará (TJPA), com a presença da desembargadora Gleide Moura.

Paralisação
A greve dos professores do Pará começou no dia 25 de março e teve adesão de profissionais em mais de 100 municípios do Pará, de acordo com o Sindicato. Os grevistas reivindicam pagamento do piso salarial que, segundo eles, não ocorre desde janeiro de 2015.

Os professores pedem ainda reajuste do vale-alimentação e melhorias, como a realização de obras de reforma e construção de mais escolas em Belém e no interior. Eles também estão insatisfeitos com a retirada da carga horária e redução salarial, além do não cumprimento do acordo de concurso público e plano de carreira unificado.

Acidentes com motocicletas nas estradas de Maracanã e Timboteua

Hoje pela manhã, na estrada estadual PA 127 que liga Maracanã/Igarapé-Açu (a conhecida rodovia da morte) aconteceu mais um acidente a altura da entrada do ramal da localidade de Pauxis. Um motociclista não conseguiu realizar a curva e chocou-se com a barreira nas margens da estrada. Segundo as primeiras informações, o piloto machucou-se mas passa bem.

Em Nova Timboteua
Regiane Aleixo (saia branca e blusa de listras) faleceu no local do acidente
Já no trevo de Nova-Timboteua que dá acesso ao município de Peixe-Boi, ontem por volta de 17h30, a jovem Regiane Aleixo da Silva, 22 anos, sofreu acidente também com motocicleta, não resistindo aos graves ferimentos e faleceu no local.

Assalto na estrada de Maracanã

O início da noite de domingo foi de pesadelo para passageiros de um Microônibus amarelo - veículo conhecido no transporte alternativo que atua no trajeto Maracanã/Belém. Segundo informações de nossa correspondente, Alessandra Santiago, o veículo retornava de Belém e quando chegou na cidade de Igarapé-Açu três elementos embarcaram como passageiros comuns, todavia quando chegou na vila União (a primeira de Maracanã na rodovia PA 127), o assalto foi anunciado, sendo que um assaltante manteve o motorista sob mira de arma de fogo, obrigando-o a seguir pelo ramal da localidade de Cajual.
Imagem meramente ilustrativa
Já no ramal, dois meliantes portando facas recolheram os pertences dos passageiros, principalmente, aparelhos celulares e dinheiro. Quando concluíram a "limpa", os bandidos furaram os pneus do ônibus e quebraram o para-brisa dianteiro, embrenhando-se nas matas da região.
Os passageiros seguiram pelo ramal juntamente com o motorista até conseguir socorro de outro ônibus nas margens da PA-127.
A polícia continua investigando o caso e os bandidos não foram reconhecidos até o momento.


segunda-feira, 20 de abril de 2015

Acidente na BR 010


Carreta tomba e duas pessoas morrem




(Foto: Reprodução/Twitter)


Um acidente envolvendo uma carreta deixou duas pessoas mortas no início da tarde de sábado (18). O acidente aconteceu no quilômetro 103 da rodovia BR-010, próximo a Ipixuna do Pará.

A carreta seguia pela rodovia carregada com 30 metros de madeira serrada, quando tombou na curva, caindo em um abismo. Tio e sobrinho morreram no local do acidente.

O tio, que conduzia o veículo, morreu na hora. Quando as viaturas do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel (Samu) chegaram ao local, o sobrinho, identificado apenas como Renato, ainda estava com vida. Devido à dificuldade no resgate, ele morreu após 40 minutos, ainda no local do acidente. A polícia precisou da ajuda de outro caminhão, para fazer a retirada do veículo.

(Foto: Reprodução/Twitter)


Esse foi o segundo acidente grave, registrado na rodovia BR-010 no sábado. Logo no início da manhã, um acidente entre um ônibus e caminhão deixou pelo menos 15 pessoas feridas.

(DOL com informações de Pedro Edvan/RBA Paragominas)

Um passeio nos portinhos de Maracanã nas lentes do professor Ruy

E para começar a semana na paz, vamos fazer um belo passeio nos portinhos da cidade querida de Maracanã de carona nas lentes do professor Ruy Silva, um caboclo da região, recentemente apaixonado pela arte de fotografar.

...Em uma das imagens (P&B), Renata Benigno comentou assim "Aqui podemos viver tranquilos, comendo frutas e mariscos fresquinhos trazidos por pescadores chamados de ribeirinhos.Gente que vive da pesca e desta tiram o sustento dos seus filhinhos."

Um ótimo passeio!

 
O fotógrafo, Professor Ruy















sábado, 18 de abril de 2015

Oi é obrigada a permitir ligações gratuitas em seus orelhões

Por Redação Olhar Digital


(Foto: Reprodução)


A partir de hoje, a Oi será obrigada a permitir que os cidadãos de 15 Estados usem seus orelhões gratuitamente para fazer ligações locais a telefones fixos, de acordo com determinação da Anatel. A punição se deve ao fato de que a operadora não cumpriu com os patamares mínimos de disponibilidade de telefones públicos em suas áreas de atuação.

Era necessário ter ao menos 90% de orelhões disponíveis em todas as Unidades da Federação e 95% nas localidades atendidas somente por orelhões (acesso coletivo). Onde essa exigência não foi atendida a operadora será punida: Alagoas, Amazonas, Amapá, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Sergipe.

A Oi foi avisada da possibilidade de punição em 2 de fevereiro, mas até 31 de março, quando a Anatel realizou a medição mais recente, a situação não tinha se resolvido. Agora os orelhões serão liberados até que a operadora atinja as metas.

Segundo a Anatel, novas medições estão previstas para 30 de agosto de 2015, 29 de fevereiro de 2016 e 30 de agosto de 2016 e a cada seis meses.

E livros tem prazo de validade?


O Pacto pela Educação





O “Diário do Pará” flagrou uma carrada de livros novos, ainda lacrados, sendo desprezados para reciclagem na Escola Estadual Marechal Cordeiro de Farias, no bairro do Marco, em Belém.

A justificativa da Seduc é que os livros estavam “vencidos”. Eu, na minha santa ignorância literária, não sabia que que livros “vencem”.

Quero crer que os livros vencidos são produto daquelas clássicas compras feitas para ajudar amigos e, mesmo assim, deveriam ser aproveitados.

O governo do Pará fez o tal pacto pela educação com quem mesmo?

Fonte: Parsifal

Eldorado do Carajás - 19 anos, 19 mortes!

Hoje, 17, Dia Internacional de Luta pela Terra, a cidade de Eldorado do Carajás, no Pará, vive intensa movimentação. Até o ministro Patrus Ananias (Desenvolvimento Agrário) esteve lá.

Atos políticos, culturais e religiosos estão sendo realizados por todo o dia, para lembrar os 19 anos do episódio que ficou conhecido mundialmente como Massacre de Eldorado dos Carajás, quando 19 trabalhadores rurais foram mortos na Curva do S, na BR-155.




O dia hoje na Curva do S, em Eldorado do Carajás. Foto: Dani Monteiro

Por causa disso, o mês de abril é escolhido pelo MST (Movimento dos Sem Terra), para a realização de uma série de protestos pela reforma agrária em todo o país.

A leitora do blog Dani Monteiro esteve hoje na cidade.

– Em meio a promessas do ministro da Reforma Agrária, da chefe geral do Incra que já não passa nenhuma esperança. Os discursos dos militantes de arrepiar, discursos de quem, depois de ver tanto sangue derramado, ainda vive em condições sub humanas em relação à educação, moradia, investimentos na agricultura familiar. Viva os trabalhadores rurais!

Fonte: Blog do Jeso

Prefeituras sob mira do MP - com um "pezinho" em Maracanã


Prefeituras paraenses na mira do MP. Quase 40 investigações criminais já abertas, mais de 100 empresas fantasmas detectadas. Escritórios “ensinam” a fraudar licitações e têm 'portfólio' de empresas fraudulentas. Prefeitos recorrem a agiotas para caixa dois. Nenhuma prefeitura cumpre Lei da Transparência na totalidade. São pelo menos R$ 3,5 bilhões administrados pelos municípios sem informações à sociedade.




O procurador Nelson Medrado e as investigações nas prefeituras paraenses: caixa dois, agiotagem, empresas fantasmas e até 'portfólio' para fraudes licitatórias



Quase 40 procedimentos investigatórios criminais (PICs) já foram abertos pelo Ministério Público Estadual contra prefeituras paraenses, devido a fortes indícios de irregularidades, principalmente fraudes licitatórias.

Segundo o procurador de Justiça Nelson Medrado, que comanda as investigações, já foram detectadas mais de 100 empresas fantasmas que participam dessas fraudes, em várias prefeituras. O MP constatou, inclusive, a existência de escritórios privados que “ensinam” prefeitos a fraudar licitações e a contabilidade.

Ele não quis estimar o rombo provocado por essas irregularidades. Disse, porém, quando perguntado se alcançaria mais de R$ 10 milhões, que “é muito, muito mais”. E citou como exemplo o caso da Prefeitura de Parauapebas que possui um orçamento anual de R$ 200 milhões e na qual todos os procedimentos administrativos já examinados estão irregulares.



Caixa 2 e agiotagem


Na raiz do problema, diz Medrado, está a mesmíssima “desculpa” dos escândalos do Mensalão e do Petrolão: a montagem de caixa dois para campanhas eleitorais, não apenas nos municípios, mas, também, para o Governo do Estado.


Ele já tem indícios de que vários prefeitos do Nordeste do Pará se utilizam, inclusive, de agiotas, para o financiamento de suas campanhas.

“Os débitos do prefeito começam antes mesmo de ele assumir o cargo; são débitos com o agiota que financiou a campanha dele. Aí, ele vai ter de pagar ao agiota, por exemplo, uns R$ 400 mil por mês. E, às vezes, o agiota exige até que o prefeito coloque funcionários dele na Prefeitura, para acompanhar a movimentação financeira. Isso aconteceu, por exemplo, em São João de Pirabas”, relata o procurador.

Entre as prefeituras investigadas, falta até o repasse das contribuições previdenciárias e de empréstimos consignados, apesar de descontados dos contracheques dos servidores.


Outro problema é a utilização da folha de pagamento “para fazer política”, o que leva à contratação de um grande número de pessoas “que não prestam qualquer serviço às prefeituras, ou seja, são funcionários fantasmas”, diz o procurador.




Irregularidades para todos os gostos


Medrado também já constatou que nenhuma das prefeituras investigadas cumpre a legislação que determina o fim dos lixões e nenhuma possui portal da Transparência, ao contrário do que determina a Lei.


“A falta do portal da Transparência é o primeiro sintoma de irregularidades”, observa o procurador. “Porque, se não há transparência, não há como a população fiscalizar”.


Ele explica que muitas das licitações são montadas pelas prefeituras ou porque pretendem realizar compras diretas de uma determinada empresa, ou, simplesmente, porque desejam embolsar o dinheiro.


“Geralmente, quando vão fazer uma obra”, relata Medrado, “as prefeituras contratam um mestre de obras para realizar os serviços. Depois, montam uma licitação”.


Outro exemplo envolve a locação de veículos, incluindo aqueles usados no transporte escolar.


“A maioria das empresas de transporte escolar não possui um veículo que seja. Elas alugam veículos da população, para realizar o serviço. E há contratos de locação de veículos às prefeituras também por empresas que não possuem nem sequer um carro. Aí, elas alugam os carros de funcionários da Prefeitura e até de secretários municipais e pagam para que eles conduzam os próprios carros. Funciona assim: um secretário municipal arranja um ‘laranja’ e monta uma empresa, para a locação de veículos sem motorista. Aí, fazem um pregão presencial no qual só aparece essa empresa. E a adjudicação fica em 1,2, 5 milhões”, explica.


“Não vai ter dinheiro que chegue nunca”, comenta, indignado, o procurador. Segundo ele, entre as irregularidades, “há de tudo, pra tudo que é gosto. Tem prefeitos que roubam tudo, que não sobra nada. E tem aqueles que fazem algumas obras”.


R$ 3,5 bilhões em informações


Segundo um estudo da Faculdade de Ciências Contábeis, Controladoria Geral da União (CGU) e Observatório Social de Belém, 92 cidades (ou 64% dos 144 municípios paraenses) nem sequer possuem um portal da Transparência.


Aliás, por incrível que pareça, 33 municípios não possuem nem mesmo um mísero site.


Apenas 6 municípios possuem um Serviço de Informação ao Cidadão (SIC) eletrônico, como determina a Lei: Brasil Novo, Rio Maria, São Domingos do Araguaia, Igarapé-Açu,São João de Pirabas e Chaves.


Apenas 10 cumprem a determinação legal de disponibilizar os editais licitatórios no site: Tucumã, São Domingos do Araguaia, Floresta do Araguaia, Santarém, Tailândia, Abaetetuba, Colares, Irituia, Nova Timboteua e Santarém Novo.

Apenas 5 colocam no site o resultado das licitações: Tailândia, Cachoeira do Piriá, Iguarapé-Açu, São Miguel do Guamá e Novo Progresso.

O estudo, realizado entre outubro e dezembro do ano passado, demonstra que nenhum município paraense cumpre integralmente a Lei de Acesso à Informação, apesar de ela já estar em vigor desde maio de 2012; e de a Lei Complementar 131 (que manda disponibilizar em tempo real informações detalhadas da execução orçamentária), datar de 2009 e estar em vigor, para todos os municípios brasileiros, desde maio de 2013.

Os pesquisadores salientam que apenas alguns dos itens exigidos pela Legislação entraram nesse estudo, que também não abordou a qualidade das informações já disponibilizadas eletronicamente.
O resultado é angustiante: são mais de R$ 3,5 bilhões de recursos administrados pelas prefeituras sobre os quais a sociedade não possui informações da receita e despesa, já que inexistem portais da Transparência.

Fonte: A Perereca da Vizinha

sexta-feira, 17 de abril de 2015

A rua do leitor...

Hoje em Maracanã, vamos para o bairro Imperial, famoso pela alegria e bons times de futebol. Lá, onde mora gente boa, encontramos a rua que abriga a RESEX Maracanã - sede da reserva extrativista. Pois bem, a presidente da Resex organizou um mutirão de limpeza no local com a ajuda de moradores, haja vista, não se conseguia mais andar no caminho chamado pela Prefeitura de rua.